Contribuições de membros da rede

Indicadores de sustentabilidade de solos agrícolas no MERCOSUL

Miguel Taboada, fevereiro de 2022

Este trabalho de Miguel Taboada compara os indicadores de solo do Mercosul com os de outras regiões do mundo, considerando suas principais ameaças, mas também as oportunidades que surgem no futuro em relação à conservação do solo em nossa região e em estreita conexão com o armazenamento de carbono , chave para mitigar as mudanças climáticas.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print