Publicações do GPS

O Mercosul e seu agronegócio diante dos desafios da terceira década do século XXI

Marcelo Elizondo, novembro de 2021

O Mercosul (somados os países membros) está entre as seis ou sete (dependendo do ano) maiores economias do mundo, se for considerado o PIB nominal de mais de 2,5 trilhões de dólares produzidos por todo o bloco. Possui as três cidades mais ricas, maiores e mais populosas da América do Sul: São Paulo, Buenos Aires e Rio de Janeiro; e também possui a maior floresta tropical do planeta: a floresta amazônica. 

Além disso, controla as maiores reservas de energia, minerais, água e petróleo do planeta. Além disso, a região é um dos principais exportadores agroalimentares do mundo. A sua volumosa e competitiva produção agroalimentar a torna um grande fornecedor para muitos outros mercados.

O acelerado processo de mudança que se vive em todo o mundo apresenta múltiplos desafios para a região e o Mercosul deve adaptar os seus sistemas de produção, comercialização e organização económica para se adaptar às novas exigências. Para isso, deve também repensar seu ambiente institucional, regulatório e econômico.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print